Menu
Landing Pages, Marketing Digital

4 tipos de landing page para converter

Sua empresa já tem um site, mas você sente que ele não atinge muito bem o objetivo que você esperava: vender mais. É fato: atrair visitantes não é a coisa mais fácil do mundo. Por isso, devemos trabalhar muito bem aqueles que chegam até nós e não deixá-los escapar por entre os dedos por causa de um erro de estratégia. Dessa maneira, fica nítido que só atrair não basta. É preciso converter!

 

As landing pages são ótimas ferramentas de conversão. São, basicamente, páginas arquitetadas especialmente para obter alguma informação relevante do usuário — como o e-mail — de modo a iniciar um relacionamento que possa levá-lo à próxima etapa do processo de compra. Outras informações também podem ser captadas, variando de acordo com o objetivo da sua estratégia e o tipo de landing page. E é exatamente sobre isso que vamos falar hoje! Você sabe quais são os tipos de landing page para converter e quais as informações que você pode captar com elas? Confira!

 

Toda landing page pede um formulário

Toda página de conversão traz consigo um formulário. Isso porque o processo de conversão pede a extração de informações relevantes. Porém, ninguém fornece suas informações assim, de qualquer maneira. Para isso, costuma-se oferecer algo em troca pelo fornecimento dos dados. A lógica é bastante simples: o usuário chegou até a sua página por ter algum tipo de interesse no que você oferece; assim, você oferece um “presente” que seja do interesse do seu potencial cliente e, troca, ele te fornece as informações.

 

Dessa maneira, há diferentes tipos de landing page para converter, que variam de acordo com o objetivo da estratégia e com o que será oferecido.

 

1) Oferecimento de conteúdo ou material rico

Quando o assunto é conteúdo nas estratégias de marketing digital, os materiais ricos fazem sucesso. E-books, infográficos e guias completos são somente alguns dos conteúdos que você pode oferecer ao seu potencial cliente. Se você é dono de um hotel em Fernando de Noronha, por exemplo, oferecer um material sobre “10 lugares para passar a lua de mel” pode despertar a atenção de casais que estão à procura de um destino paradisíaco. Assim, você conquista o e-mail e outras informações do usuário, podendo iniciar um relacionamento com outros conteúdos relevantes relacionados a viagens de lua de mel e de férias, por exemplo, se posicionando tanto como autoridade no mercado quanto como empresa-amiga do cliente.

 

2) Oferecendo orçamento gratuito

Você pode ter uma landing page para solicitações de orçamento, se isso se enquadrar ao seu modelo de negócio. Oferecendo um orçamento gratuito, você pode ter uma página com fotos dos seus produtos, com informações sobre a qualidade e a variedade que a sua empresa oferece e, então, com um formulário solicitando informações como e-mail e descrição do projeto. Se a sua empresa é especializada em projetos de arquitetura e decoração, este tipo de landing page para converter pode ser bastante útil!

 

3) Oferecendo 10% de desconto na primeira compra

Quem não gosta de descontos que atire a primeira pedra! Não há quem não se sinta tentado a pagar menos por algo. Você sabia que, em alguns casos, descontos fazem com que pessoas queiram comprar algo que sequer precisam ou querem? Por isso, oferecer uma landing page para descontos pode ser uma boa maneira de conquistar as informações que você precisa. Você pode oferecer o que puder: 5%, 10%, R$10,00, etc. Em troca, você pode pedir o e-mail, a data de nascimento, o ramo de atuação e, em seguida, fornecer ao usuário o código que dará acesso ao desconto.

 

4) Oferecendo acesso à newsletter

Newsletters são uma espécie de boletim eletrônico, que pode trazer informações pontuais, semanais ou mensais, por exemplo. Geralmente, esse tipo de conteúdo faz sucesso entre aqueles que se interessam bastante pela marca ou pelo nicho de atuação da empresa, querendo ficar por dentro das novidades que acontecem periodicamente.

 

Quais informações meu formulário precisa solicitar?

A informação mais importante que um formulário de landing page para converter precisa solicitar é o e-mail. Porém, sabemos que quanto mais dados você tiver sobre quem se interessa pelo seu negócio, melhor será para segmentar o público e atingir pontualmente cada uma dessas pessoas. A seleção das informações também depende do objetivo da sua estratégia! Confira algumas sugestões:

  • Data de nascimento: é útil para saber em qual faixa etária o usuário se encaixa e também no relacionamento pós venda, oferecendo felicitações, descontos e vantagens em virtude do aniversário.
  • Interesse: se a sua empresa trabalha com mais de um nicho, saber qual é o maior interesse pode ajudar na hora de oferecer conteúdos que vão de encontro com o que o usuário gosta de saber. No caso dos projetos de arquitetura e decoração, o usuário pode ter mais preferência por um ou por outro, por exemplo.
  • Cargo: se para a sua estratégia é importante saber qual cargo a pessoa ocupa dentro da empresa onde trabalha, essa informação pode ser importante — principalmente no caso de negócios no modelo B2B (Business to Business).

 

Mas, tudo que é demais incomoda

É fato que quanto mais sabemos sobre o nosso público, mais refinada fica a estratégia. Porém, para que se possa trabalhar bem a base de contatos, é preciso que haja uma base de contatos. Parece óbvio, não? Mas a verdade é que o excesso de informações solicitadas em um formulário pode afastar o usuário. Ninguém quer saber de preencher 27 perguntas para ter acesso a um e-book, por exemplo. Por isso, certifique-se de que o seu formulário pede somente o que é necessário. Assim, você evita a evasão na sua landing page.
Agora que você já sabe mais sobre as possibilidades de landing page para converter, é hora de analisar as dicas para a sua empresa! A Integra.MD é especialista em marketing de resultados. Você sabe como é a nossa maneira de atrair usuários e convertê-los em clientes? Confira!